prestação de serviço

O barato sai caro?

Certamente quem inventou esse trocadilho deve ter sentido na pele o real significado do que acontece.

Outro dia eu estava com um problema de vazamento no banheiro. Não era um vazamento, apenas água pingando e isso já estava enchendo o saco. Pedi aos porteiros se podia me indicar algum profissional. Me deram um cartão. Liguei e marquei… fiquei esperando e nada do cara vir no dia marcado. Duas vezes, cansei. Não liguei mais. Mas queria resolver.

Aí perguntei novamente se o porteiro podia me indicar algum outro profissional. Eu já estava ficando apavorada em ter que solicitar serviços. Explico: tenho certa ansiedade só de usar o telefone. Sinceramente não gosto de “convidar” estranhos para a minha casa. Sei que parece doideira, enfim!

Arrumei o telefone de outro profissional e chamei. Ele veio, até porque ele está fazendo serviços aqui no prédio. O que, supostamente, facilita as coisas, e também porque deve ter algum tipo de referência.

Mostrei o problema e já aproveitei para mostrar outro probleminha que me incomoda há bastante tempo. Isso já corrobora o que falei antes, chamar algum estranho pra minha casa.

Como ainda não me “recoloquei” no mercado, fiquei com medinho do cara querer enfiar a faca. Aí falei pra ele que eu tinha que ver com meu marido, e que ia dar uma resposta. Ele me falou o valor, R$ 100, 00, valor bastante acessível. Claro que o material que usaria não estava incluso.

Vai pagar?

No dia marcado então ele veio, foi comprar o que precisava, apresentou as notas e ficou tudo certo. Ao final do serviço parecia tudo ótimo! Só que não 😦

Isso porque ele estava me falando que poderia fazer a troca dos canos daqui, já que estão bastante velhos, e isso realmente uma hora terei de fazer. Ele falou que certamente o preço dele seria o melhor. Comentei: não precisa ser o mais barato, mas precisa funcionar.

Pois é, não funcionou.. Aí pensei, tá tudo é velho aqui, o homem também não deixou secar, de qualquer modo liguei e ele voltou.

Novamente não ficou 100%. Aí liguei de novo e ele até veio. Resolveu o lance do tanque que estava vazando na junta do sifão que ele tinha trocado. Uma dor de cabeça a menos.

Mas no banheiro ainda pinga um pouco de água..tipo muito pouco, pois ele mexeu ontem e me disse que voltaria para olhar hoje novamente. Ok.

Além de ficar desde cedo esperando, tipo 8 da manhã, me senti muito besta. Esse profissional está fazendo uma obra aqui no prédio e pegou o meu serviço como sendo um bico. Tanto que ele sempre queria chegar mais cedo. Eu não me incomodo em acordar cedo, pois eu quero simplesmente que esse assunto seja resolvido.

Como eu não quero me estressar, vou deixar pra lá. Assim que possível eu vou contratar um profissional que não ache que precisa cobrar pouco para ser chamado.

Ah, mas com 100 reais você queria o que? Exatamente.. eu queria que me fosse cobrado o que é justo para resolver o problema.

Nesse caso o barato saiu caro, e nem resolveu meu problema. oremos para que nenhum outro problema apareça!