blog

Escrita

Tenho reparado que a busca por redatores, até em sites de emprego é muito maior do que a busca por revisores.

Eu me inscrevi em um curso voltado para quem quer aprimorar as técnicas de escrita. Achei perfeito para mim.
Eu estava lembrando que escrevo diários desde os meus 10 anos de idade. Isso deve valer de alguma coisa.
Me lembrei disso outro dia.

Aliás o meu primeiro diário eu não sei onde está, mas lembro da capa, quem deu e uma das coisas que escrevi.
Aparentemente foi para isso que comecei a escrever, para não esquecer.

São coisas engraçadas de lembrar. A partir dos 11 anos e até recentemente eu escrevia muitos desabafos. Depois comecei a escrever por aqui, mas nunca achei que duraria tanto tempo. São mais de 11 anos por aqui, se não me engano. Então eu acho que posso até dizer que tenho certa experiência.

Uma vez me perguntaram por que eu não escrevia um livro sobre as lembranças da infância e outras peripécias que aprontávamos. Aí eu me pergunto, quem leria.

Foram tantas coisas divertidas nesse tempo todo. Eu até me propus a transcrever aqui algumas coisas aleatórias dos meus diários. Acho que fiz umas poucas vezes.

Se não me engano até um roteiro de “filme” escrevi na época da escola e foi filmado, fizemos até os comerciais. Pensa! Numa época que não tinha youtube ou celular! Vou contar mais sobre isso pois até tinha me esquecido!!

Retomarei em breve.

giphy

Anúncios

Retrospectiva de 2018

giphy
Não sei se vale a pena fazer uma retrospectiva deste ano, foi tão bleh que dá vontade de passar reto.

Mas de qualquer forma até serve pra eu refrescar a minha memória.

Bom, o ano começou com péssimas notícias, virei estatística. Fiquei sem emprego depois de 7 anos e pouco. Foi chocante e triste.
Logo em seguida me inscrevi num curso de espanhol, para não gastar o $$ com bobagens. Organizei  muito bem a minha vida para não gastar de mais, e não fazer nada de útil. Foi um aprendizado.

Me cadastrei em diversos sites de vagas de empregos, mas não tive retorno. Foi bastante frustrante. De junho a setembro fui a uma entrevista real e fiz uma de 10 segundos via skype, mega frustrante.

No final de agosto e começo de setembro fiz uma viagem bastante animadora, já que em 10 anos de namoro, praticamente nunca fizemos uma viagem para mais longe. O roteiro foi meio inusitado: Monte Verde, São Thomé das Letras, Monte Verde e Maresias.

No final de setembro finalmente fui chamada para uma entrevista real. Eu nem tinha enviado meu currículo para a vaga, mas acabaram me chamando, isso foi bem interessante. Fiquei animada e passei na entrevista. Comecei a trabalhar no começo de outubro, foi estressante, pois eu não sabia como lidar com aquele tipo de exigências. Fiquei me sentindo muito mal. Depois de um tempinho, apesar de estar tudo entrando nos eixos, mesmo depois de ter ido trabalhar de sábado e ficado até tarde trabalhando, me dispensaram.

Ou seja, comecei e terminei esse ano desempregada. Péssimo.

Teve várias outras coisas aí no meio. Fiz um curso no Senac e também um de Revisão. Revi pessoas conhecidas e conheci novas pessoas. Além de ter tido Copa do mundo e o Brasil ter sido um fracasso, de novo, ainda teve eleição e muita briga por política.

Teve até rato dentro de casa, na páscoa. Rato da páscoa…kkkk

Meu irmão casou mas a notícia mais diferentona do ano foi, que em breve serei tia avó! É isso mesmo!

Então agora é correr atrás do prejuízo. Estou tentando umas oportunidades como revisora e tradutora freelancer.

Um ótimo 2019 para todos nós!

Mundo Bipolar

A difícil arte de estar nas redes sociais

É minha gente, a cada dia está mais difícil acompanhar os famosinhos das redes sociais, cada um quer aparecer mais que o outro, ser mais bonito e mais perfeito que o outro, mas no fundo, tem horas que dá pena, tanto dos famosinhos quanto de quem segue.

É incrível as pessoas acharem que pessoa X é boa mãe, porque posta foto abraçada com o filho. A outra, toda fitness, que só mostra coisas saudáveis chegando em casa mas vai saber se ela não sofre de bulimia, anorexia e tal.

E tem aqueles que ficam ostentando em hotéis, resorts e muita coisa legal mas no fundo eles ganham essas viagens, para os reles mortais morrerem de trabalhar para ir naqueles lugares de sonho.

É saudável, quando algum insta blogueiro motiva alterações em sua rotina. Isso é o digital influencer, influenciando a ser uma pessoa melhor.

Mas nem sempre é assim. A maioria só quer te vender algo… preste atenção!

Fiquei quase 2 semanas sem ver stories de gente que sigo, e o resultado foi: não consigo mais ouvir a voz de alguns… de verdade, pois soa muito falso, e sim, a maioria só quer vender algo.

Estou prezando mais por saúde mental, pois se você for seguir o que os influenciadores fitness, por exemplo, estão pregando… você fica louco, de verdade. Toda hora é uma coisa que faz mal, ou que faz bem, mas antes fazia mal, agora faz bem..

giphy1

 

É isso.

#confusa #louca #redesocial

Mães nerd, filhos nerds…

Dia desses eu vi no Face uma postagem deste blog http://pacmae.com.br/ e vi por cima apenas… Hoje entrei e vi com mais atenção do que tratava o blog…. amei!!!!! Fiquei com uma invejinha branca! Mães e filhos nerds.. que coisa mais cute!!! Adorei a descrição de cada filho, que coisa mais fofaaaa!!!

Isso me lembrou da minha sobrinha Giovana, 6 anos:

– Titia, sabia que existe et de verdade?

– Acho que existe mesmo, mas como você sabe?

– Quando eu fui no Catavento a gente viu um et de verdade!!!

– É mesmo??!!!

– É, ele não tem antena, nem olho nem boca…e o nome dele é meteorito!!!

Achei isso muito fofo.. ela contando daquele jeitinho engraçadinho dela!! kkkk

gigi

Gigi de janelinha

Parabéns para as mamães do Pac Mãe!!!