star trek

#chatiada

é assim que estou me sentindo!

Dia 8/4 aconteceu a Convenção da Frota Estelar Brasil depois de 13 anos sem um evento, ela ressurgiu com a convenção #phoenix e foi um sucesso!
Revi pessoas queridas, me diverti com as histórias e grupos de teatro que se apresentaram lá. Fiz compras nas lojinhas.
Gente, eu tava muito feliz, pois eu fui frequentadora assídua destes eventos, acho que de 2000/2001 até até 2003 quando o Spock (Leonard Nimoy) veio ao Brasil, inclusive trabalhando voluntariamente nos eventos, e foram bons tempos aqueles.

Aí o evento estava muito bom, mas chegou no final e tivemos uma notícia não muito boa. A partir do dia seguinte ao evento, a Frota  Estelar estaria proibida de usar o nome Frota Estelar Brasil, é isso mesmo. Depois de quase 30 anos usando este nome e divulgando o espírito trekker, é isso que a CBS, detentora dos direitos da série, quer. Leia mais aqui. Claro que não haverá impeditivo algum dos eventos serem realizados, mas o que me deixa indignada é isso, você ama uma coisa, divulga, se esforça pra fazer eventos e de repente não pode mais. Triste!

E os baques não acabaram por aí! A Convenção da Barbie que acontece de 2 em 2 anos desde 2009, simplesmente não será realizada. Já tinha até data definida! Como assim???? Ou seja, como foi dito nas rede sociais, a Mattel CAGA para o colecionador brasileiro. Isso porque nos últimos anos, designers das bonecas estavam participando dos eventos: Robert Best em 2011, Bill Greening em 2013 e 2015 Linda Kyaw.

A primeira Convenção ocorreu em 2004, em São Paulo, no Hotel Hilton. Foi maravilhoso. Depois houve um hiato até 2009, a Barbie completando 50 anos quando aconteceu a segunda convenção, como sempre, maravilhosa! Inclusive nessa eu trabalhei (voluntária), e foi muito legal!

Achei um absurdo, inclusive, que os organizadores foram afastados, não sabemos os motivos reais disso tudo. Mas nestes eventos é uma chance para reencontrar amigos e aprender sempre.

Sei que não é o fim do mundo, só um pequeno desabafo…

Anúncios

Spoiler alert!

Se eu fosse o Sheldon, eu já fecharia o blog correndo, e xingava!

Bom, só fiquei com vontade de desabafar uma coisa. Sábado houve 2 sessões de pré-estréia aqui em São Paulo do filme Star Trek Beyond / Jornada nas Estrelas Sem Fronteiras, ou como preferir Star Trek Sem Fornteiras. Eu fui, claro! Encontrei meus amigos trekkers e tal.. foi tudo de bom!

O filme foi bom, mas teve gente que já emitiu opinião detalhada, esquecendo que a sessão era de “PRÉ – ESTRÉIA” e obviamente várias pessoas que gostariam de ver o filme, não o fizeram por N motivos.

Sei lá, eu não gosto de ler spoiler, não gosto de ler muitas críticas, principalmente se é um filme que eu quero muito ver, até evito de entrar no facebook.

Uma vez eu estava vendo “A pele que habito” e não sabia nada além da descrição do filme mas aí entrei no facebook e uma das minhas “amigas” estava falando do filme, já entregando grande parte do enredo… qué qué quéééé, vai besta! quem mandou

Agora a pessoa não se tocar que era uma pré estréia… enfim, cada uma com sua consciência.. eu não faço o que quero pra mim.

Então é só!

Jornada nas Estrelas XI – eu vi

Depois de quase morrer de inveja , ganhei um convite, segue abaixo as minhas impressões sobre o filme.

poster

Jornada nas Estrelas XI – Eu vi

Ganhei um dos convites para assistir ao novo filme do diretor J.J. Abraams, que foram oferecidos pelo Omelete em parceria com a Paramount e ”concedi” essa pequena entrevista ao Marcos Roberto (Llestaht), que é do fã-clube Frota Estelar do distrito Federal (FEDF)
Apesar de não contar nada sobre a trama, pode ser considerado Spoiler.
 
Llestath: Como foi a atuação do nosso bom e setentão Leonard “Spock” Nimoy no filme?
Carol:  Surpreendente, “fascinante” eu diria. Ele abrilhantou o filme e foi o elo entre o velho e novo universo de Jornada.
 
Llestath: E o Quinto? Tem muita gente achando que ele leva um Oscar, o que você diria após ver o filme?
Carol Suiter: Acho que ele como Spock é tudo de bom, mas alguns podem se decepcionar.
 
Llestath: O que faltou?
Carol Suiter: Pra mim não faltou nada mas ele é mais emotivo que o Spock “antigo”.
 
Llestath: A crítica falou muito que o atual McCoy era o que mais convencia no papel, é verdade ou tem alguém mais “TOS” do que ele?
Carol Suiter: Tem, o Cris Pine como Kirk, ele atuou muito bem, imitando o jeitão do Shatner.
 
Llestath: E quanto ao roteiro? Ele respeitou o mistério que havia com os romulanos em TOS como ocorreu em Enterprise? Ou os romulanos foram desmascarados?
Carol Suiter: Olha pra falar a verdade não tinha mistério com os romulanos, no momento que atacaram já foram alertados que o império iria sofrer as consequências.
 
Llestath: Mas os romulanos foram vistos pessoalmente ou apenas indiretamente sem revelar sua origem vulcana?
Carol Suiter: Isso aí nem foi muito comentado, só o Spock diz que os romulanos e vulcanos tem ascendentes comuns.
 
Llestath: Todo mundo sabe que as naves do filme foram produzidas totalmente em computação gráfica, sem o auxilio de maquetes como nos outros filmes, como ficou o resultado final e as manobras das naves?
Carol Suiter: Ficou muito realista, e as manobras também.
 
Llestath: Eric Bana está sendo elogiado no filme como a melhor atuação de sua carreira, o que nos fala a respeito dele no filme?
Carol Suiter: Olha pra ser sincera só vi o trabalho dele no Hulk ele tava péssimo, mas no filme ele tem um propósito, vingança, eu achei ele “bom” mas prestei mais atenção nos nossos heróis.
 
Llestath: Tem mais dezenas de perguntas que eu faria mas isso iria gerar spoilers demais, então para encerrar nos diga de modo geral se as expectativas mais favoráveis do filme se concretizaram.
Carol Suiter: Bom eu sou suspeita, gosto de tudo que se refere a Jornada inclusive paródias, mas o filme é sim uma homenagem a TOS, até nome do Archer e de seu cachorro são citados, as conversas engraçadas do “trio”, o jeitão do Kirk, até os camisas vermelhas morrendo primeiro, tá tudo ali. As tiradas do Dr, e até do Scotty. Só a Uhura no filme ganhou personalidade diferente.
 
Llestath: Oscar?
Carol Suiter: Duvido que ganhe um Oscar, mas poderia ganhar sim, de efeitos especiais, sonoplastia, de trilha sonora.
O filme é sim uma bela homenagem a Gene Roddenberry e o seu “legado” os trekkers mais puristas podem ficar sossegados, pois se houve mudança foi de forma respeitosa. Star Trek de J.J. Abrams já é uma clássico e merece estar entre a coleção de DVDs de todos os fãs.
A cena final é muito emocionante, veja o filme dia 8/5 nos cinemas! 

Eventos SciFi pelo Brasil

Agenda de Abril e Maio

26/04/2009
MARATONA SCULLY ARQUIVO-X BRASIL 2009/CIRCASP
Horário: 11h as 15h
http://scifibrasil.com.br/?p=410

27/4/2009
Palestra sobre Ficção científica na FIOCRUZ
“As diferentes abordagens do cinema de divulgação científica”
Palestrante: Braulio Tavares, especialista em cinema de ficção científica.
Data e horário: 27 de abril de 2009, às 11h.
http://scifibrasil.com.br/?p=421

2 e 3/5/2009
1º EXPO TREK
Veja programação completa:
http://scifibrasil.com.br/?p=406

2/5/2009
1º Fic São Paulo
Local: Biblioteca Temática de Literatura Fantástica Viriato Corrêa
Rua Sena Madureira, 298 (próximo ao metrô Vila Mariana)
Tel.:(11) 5573-4017 e (11) 5574-0389
Horário:  11h00 as 18h00
http://scifibrasil.com.br/?p=419
17/5/2009
Eventos Cosmos – 29 anos
Dia 17 de maio – domingo
Local: Estação Ciência
Rua Guaicurus, 1394 – Lapa (Estação Lapa CPTM)
http://scifibrasil.com.br/?p=374

Se inveja matasse

Star Trek tem estreia surpresa no Texas [atualizado 2x]
Veja também fotos da pré-estreia da Australia
Ederli Fortunato

 
A exibição de uma versão restaurada de Jornada nas Estrelas II: A Ira de Khan se transformou no melhor presente para os fãs que compareceram a um cinema no Texas, nesta segunda-feira. Ao invés de rever o clássico, o público encontrou uma pré-estreia surpresa de Star Trek, o filme dirigido por J.J. Abrams.

A sessão surpresa aconteceu no Alamo Drafthouse, em Austin. O convite original dizia que os fãs veriam, além de A Ira de Khan, dez minutos do novo filme. Para completar a festa, o anúncio de que aquela seria, na verdade, uma sessão do novo filme foi feito por Leonard Nimoy. Além do ator, estavam presentes Damon Lindelof, Alex Kurtzman e Roberto Orci, o trio que já foi contratado para escrever o roteiro da sequência do novo filme.

[Atualização]

Apesar das câmeras estarem probidas durante a exibição do filme, há uma gravação que mostra o momento em que Leonard Nimoy aparece diante do público para solucionar o “problema” que estava acontecendo com a cópia do filme: mostrar o novo Star Trek, porque “não é justo a estreia mundial acontecer na Austrália”, disse. Veja o vídeo dividido em três partes abaixo:

Harry Knowles, do site AICN apresenta os roteiristas
Roberto Orci, Alex Kurtzman e Damon Lindelof
(antes da aparição de Leonard Nimoy)

Veja os vídeos e matéria completa no Omelete

Diversidade

Uma das coisas mais fascinantes que existem no universo de Jornada nas Estrelas é a diversidade que existe nas tramas apresentadas. Tem até um símbolo, o Idic. Creio que é por isso que eu ache esse universo tão fascinante.

Desde que conheci o seriado, talvez antes disso ainda, eu já me achava mente aberta para vários assuntos, que temos no nosso dia-a-dia. Respeitar o outro, independente da cor, raça e credo

Claro que o mundo seria muito melhor se as pessoass respeitasse um pouco o outro. E eu digo um pouco mesmo.

Eu sei que eu tenho os meus preconceitos e limitações em aceitar várias coisas, mas uma coisa que a minha mãe me ensinou foi: nunca dar risada do problema dos outros. É acho  que isso éo mínimo de respeito que alguém pode ter. Tipo, se você for a um hospital, vai ver muita coisa que não é bonita, não se se devemos ter pena dos donete, talvez compaixão seja a palavra certa.

Então outro dia eu estava andando no shopping e a passou uma pessoa, digamos um pouco diferente, mas ninguém é igual então era uma pessoa normal, na minha opinião. Mas a pessoas que estava do meu lado falou: fiquei com medo agora.

Pô, a pessoa tem culpa de ser feia? Temos um semi-anlfabeto como presidente, isso sim me dá medo.

Se pessoa é bonita ou feia, quem disse que ela não tem o seu devido valor? Eu disse: seria legal viver num lugar onde todo mundo é bonito e sem defeitos como você, mas infelizmente ainda não chegamos nesse nível.

Esse tipo de coisa me deixa um pouco revoltada, porque não assiste mais Star Trek?