friends

Aliengirl sincera

Fala a verdade! Você já ouviu estas perguntas em entrevistas de emprego e a sua vontade é de responder com sinceridade.

Então aí vai:

1. Por que devemos contratá-lo? Porque eu preciso pagar contas!!

2. O que você considera como suas fraquezas? Gostar de novela mexicana conta?

3. Onde você se vê daqui a cinco anos? Se eu for contratada, me vejo trabalhando e pagando mais contas, viajando e indo ao cinema. Se não mendigando na sua porta ou morta, talvez, quem sabe…

Coisa chata viu!

Sexta-feira recebi um email bem animador de uma empresa que eu estava participando de um processo seletivo. Aparentemente eu fui selecionada e deveria enviar todos os meus documentos via googleforms… me animei né. Mas ainda fiquei com o pé atrás.

Hoje fiquei bem chateada, arasada mesmo já que perdi bastante tempo fazendo tudo o que dizia as instruções e a mulher do RH me respondeu dizendo que havia sido um erro do sistema deles.

Que organização do cão é essa!!!

Depois dessa nem sei mais…. não consigo nem me animar, sério..difícil viu!

Ah e a menina que trabalhava comigo que me bloqueou… gente do céu! Coisa que nunca fiz na vida foi bloquear alguém em aplicativo nenhum. Só se for gente que não conheço.

Essa pessoa mandava até umas vagas pra mim e tava me ajudando de certa forma… mas por algum motivo que desconheço essa fdp me bloqueou.. mas enfim, se for ver é livramento. Preciso acreditar nisso pra tentar entender. Nunca fiz nada para ela mas talvez o contrário seja verdade, fico pensando que talvez ela tenha um dedinho na minha demissão.

Oremos! Que todas as amigas da onça recebam tudo o que nos desejam!

 

Há muito, muito tempo…

neste mesma galáxia eu já registrava algumas das minhas peripécias. Morri de rir ontem com umas coisas escritas num diário. descobri que faço diários desde 1987, mas só achei a partir de 1990.

Esse diário ganhei em algum aniversário, o detalhe personalizado é tudo!

Segue a transcrição da primeira folha:

SP 5/1/1990
Esta é a primeira folha deste diário. Hoje eu voltei de Suarão. Ontem a gente foi pro parquinho, lá tava legal, a gente foi no carrinho bate-bate, depois no trem fantasma eu gritava: “não quero ir”, mas eu fui. Foi emocionante eu só vi um “Fred Kueger” ele tinha um machado (desde quando?*) e um vampiro que saia do caixão, eu só gritei.
Quando eu cheguei em casa eu fiquei com a Tio (apelido da vizinha*)
O Maurício tava aqui ainda bem. Eu não aguentava mais ficar tão longe porque eu não confio muito nele. Mas gosto dele.
Talvez a gente vá amanhã no Shopping com a Simone, Cris, William e Maurício e talvez Ana Paula.
Até Amanhã

Até que não é tão ruim.. eu tinha 12 anos e esse pessoal era da rua onde eu morava. Claro que tem coisas escritas que são impublicáveis.. quem quiser ler, esteja a vontade.

LuluzinhaCamp – Release

2º LuluzinhaCamp Nacional:

Encontro vai reunir blogueiras de todo o Brasil para discutir a liberdade na internet

Quem acha que os relacionamentos virtuais são superficiais e dificilmente vão para a vida real precisa rever os seus conceitos. Dia 30 de agosto de 2009 acontece o 2º LuluzinhaCamp nacional, em que são esperadas cerca de 100 blogueiras de várias partes do Brasil, repetindo o sucesso dos encontros simultâneos em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Brasília. Os encontros, vale lembrar, são exclusivos para mulheres.

O 2º Encontro Nacional vai acontecer das 11h às 18h, na Oca Tupiniquim, em São Paulo. Seu tema: liberdade na internet (veja mais sobre isso no blog).

A programação inclui oficinas e desconferências – debates abertos, descentralizados e colaborativos – sobre um tema de interesse comum.

A pré-programação de oficinas:

  • tira-dúvidas sobre blogs para blogueiras iniciantes, intermediárias e avançadas;
  • montagem de computadores;
  • fotografia e stopmotion;
  • artesanato e reciclagem.

Para completar, o evento fará uma campanha de arrecadação de roupas para doação a ONGs. A Lavanderia Solidária LG – que doará uma máquina de lavar e quatro vezes mais roupas do que as Luluzinhas conseguirem -, continuará após o encontro, quando o público poderá votar em sua ONG preferida, no site das Luluzinhas.

 
História

O encontro é organizado pela Conectiva, por meio das mãos de Lucia Freitas, autora do blog Ladybug Brasil. Lucia inventou o evento com as amigas interneteiras Lu Monte, do Dia de Folga; Nospheratt, do Deusario; Zel, do Zel, versão 3.4; Denize Barros, do LaReinaMadre e Juliana Garcia Sales, do Garcia Sales.

Na organização do primeiro encontro, em agosto de 2008, surgiu a idéia de mini-LuluzinhaCamps pelo Brasil afora e foi criada a lista de discussão, para que todas se organizassem sobre as comidas, bebidas e temas.

“Criei o LuluzinhaCamp – que foi batizado por um homem, diga-se – porque sabia que a internet é feminina e que havia muitas blogueiras na rede. Mesmo assim este público não comparecia aos encontros de tecnologia/internet. Senti que era preciso um evento exclusivo para que se sentissem à vontade e, a partir daí, fossem incluídas num ambiente maior de um lugar já conhecido”, diz Lucia.

Após um ano de vida, o LuluzinhaCamp, que começou com 80 participantes, tem cerca de 400 mulheres em seus grupos de discussão. Além de formar uma rede de troca de conhecimentos, networking e apoio mútuo na internet, os relacionamentos continuam no dia-a-dia offline também, em projetos e eventos. De karaokês a almoços, a troca continua fora da rede. Online, dúvidas sobre internet ou maquiagem não ficam sem resposta e acaloradas discussões sobre temas polêmicos se aprofundam.

Serviço:

Luluzinha Camp

30 de agosto, das 11h às 18h

Oca Tupiniquim, Rua Fradique Coutinho, 1397, Vila Madalena, São Paulo

Inscrições pelo site http://www.luluzinhacamp.com  até dia 20 de agosto

Taxa de inscrição: 15,00.

Eu já estou inscrita!

LuluzinhaCamp

No dia 30/8 vai acontecer o LuluzinhaCamp Nacional. Já me inscrevi e não vejo a hora desse dia chegar. Tô me sentindo até boba com essa ansiedade.

Mas vai ser muito bom trocar de ares! Ou melhor conhecer novos ares. Tenho certeza que tenho muito o que aprender, e principalmente conhecer gente nova.. o que eu adoro!

Então se vc for uma Luluzinha também a gente vai se ver lá!

Satisfaction

Tentei me fazer de boazinha e não pensar muito nisso, mas o que tenho sentido esses dias é uma sensação de dever cumprido.
Isso é bem natural, afinal nessas horas a minha parte humana é mais forte.
Eu sei que estou sendo repititiva, mas essa sensação é ótima. É como fazer justiça com as próprias mãos!

Imagine uma pessoa que perdeu a identidade não foi na bolsa!, que deixou de fazer coisas legais por vários anos, que não gostava de transar que óbviamente não tinha amor próprio.
Essa ERA eu.

Enfim, tô viva e a vida pra mim é muito mais legal agora.

Todo mundo acha que terminar um relacionamento não é bom… mas existem coisa que só servem pra gente acordar na vida e eu acordei. Uma vez li em um lugar: até um pé na bunda te empurra pra frente, e é isso aí!!
Eu fui pra frente!

Eu sei que falar de gente “morta” não é legal, pois pode fazer com que eles venham atrás de nós mas sinceramente não tenho medo. Eu uso alho como escudo!!
***

Outra coisa que me deixou bem satisfeita ontem! Depois de mais de 20 anos revi um primo meu, só mantinhamos contato por internet, email e ontem nos vimos cara a cara e relembramos os tempos de criança, que eu sinceramente não me lembrava mais.
Ri muito ontem com as palhaçadas da minha prima!

Coisas de família!