comportamento

Somos todos especialistas do fracasso?

Há pouco tempo vi que duas celebridades de internet, os novos famosos de hoje, iam lançar um livro como o título: O Coach do Foda-se.

Fui dar uma olhadinha no livro, lá na Amazon, e gente, só de ler a introdução, que é quântica, eu já consegui entender muito do que eles tentam dizer.

A primeira frase é muito clássica: se conselho fosse bom não era de de graça, aí um empreendedor sem empresa resolveu que seria interessante cobrar por isso.

Assim, a minha primeira experiência com psicólogo/terapeuta foi na escola, no primário, hoje ensino fundamental. Achavam que eu tinha algum problema pois não entendia matemática. Simplesmente não entrava na minha cabeça.
Além de ir na psicóloga fui em inúmeras aulas de reforço, estes talvez fossem os coaches da época.

Nem fazendo tanto esforço evitei de repetir de ano. Foi na sexta série, não sei qual é o equivalente hoje, sétimo ano? Foi péssimo, perdi contato com os “amigos” da sala de aula, apesar que ganhei novo coleguinhas e fui levando.

A gente pode dizer que em algum momento da vida tivemos algum fracasso, e é verdade. Não adianta ficar tapando o sol do desânimo com a peneira da animação. Não combina.

Há 2 anos estou numa situação profissional bastante ruim. Não tenho um emprego formal e o dinheiro simplesmente acabou. Tenho que fazer o que dá pra sobreviver. Me jogo nos freelances da vida, mas não é fácil não.

Algo que ainda me chama atenção é a quantidade de coach de alguma coisa que tem na internet. Especialmente esse ano notei um aumento das semanas mágicas e milagrosas que essas pessoas oferecem. Pra mim está insuportável ver isso.

Recentemente eu adicionei uma pessoa na minha rede de contatos, acho que foi do LinkedIn que quer muito ser minha coach. Tivemos uma conversa, sem compromisso, e eu até gostei da pessoa, porém não tem condição de fazer algo assim, já que a próxima fase é com compromi$$o. Não é barato mesmo com o impressionante desconto que eles dão.

O que me impressiona ainda é a motivação dela, ano passado mesmo eu tendo dado várias desculpas e a mais clara e direta: não tenho dinheiro, ela até parou um pouco mas começou o ano enviando mensagem que quer me ajudar. Gente se você quer me ajudar, nesse momento, preciso de dinheiro, apenas. Ela garante que com certas ferramentas posso aumentar o meu número de clientes e etc. mas, me desculpe se você é coach e está lendo isso, eu não acredito.

Todas essas fórmulas mágicas estão muito padronizadas atualmente. Não sei se por ter estudado um pouco sobre marketing de conteúdo eu vejo claramente uma estrutura muito igual nos anúncios. Chega a ser chato!

Sei que há exceções em tudo, mas como estou bastante impaciente com essas armadilhas eu quero mais é distância.

Às vezes eu até clico no “arraste aqui” do instagram só pra ver.. mas é tudo muito igual.

Como dizem os autores do livro acima, eu não preciso de cagação de regra eu preciso do fod*-se e um emprego por favor.

Aliengirl sincera

Fala a verdade! Você já ouviu estas perguntas em entrevistas de emprego e a sua vontade é de responder com sinceridade.

Então aí vai:

1. Por que devemos contratá-lo? Porque eu preciso pagar contas!!

2. O que você considera como suas fraquezas? Gostar de novela mexicana conta?

3. Onde você se vê daqui a cinco anos? Se eu for contratada, me vejo trabalhando e pagando mais contas, viajando e indo ao cinema. Se não mendigando na sua porta ou morta, talvez, quem sabe…

Coisa chata viu!

Sexta-feira recebi um email bem animador de uma empresa que eu estava participando de um processo seletivo. Aparentemente eu fui selecionada e deveria enviar todos os meus documentos via googleforms… me animei né. Mas ainda fiquei com o pé atrás.

Hoje fiquei bem chateada, arasada mesmo já que perdi bastante tempo fazendo tudo o que dizia as instruções e a mulher do RH me respondeu dizendo que havia sido um erro do sistema deles.

Que organização do cão é essa!!!

Depois dessa nem sei mais…. não consigo nem me animar, sério..difícil viu!

Ah e a menina que trabalhava comigo que me bloqueou… gente do céu! Coisa que nunca fiz na vida foi bloquear alguém em aplicativo nenhum. Só se for gente que não conheço.

Essa pessoa mandava até umas vagas pra mim e tava me ajudando de certa forma… mas por algum motivo que desconheço essa fdp me bloqueou.. mas enfim, se for ver é livramento. Preciso acreditar nisso pra tentar entender. Nunca fiz nada para ela mas talvez o contrário seja verdade, fico pensando que talvez ela tenha um dedinho na minha demissão.

Oremos! Que todas as amigas da onça recebam tudo o que nos desejam!

 

Portfólio

1

Bom, as coisas andam estranhas, aí a gente tem que se reinventar né..Fiz um portfólio dos meus trabalhos, porque preciso trabalhar. Tá fogo!!!

Eu envio currículo e nada.. não acho que o meu seja ruim! Afinal são muitos anos de experiência… mas agora só querem contratar gente inexperiente e barata. Bem difícil!

Bom de qualquer forma, eu estou tentando de tudo. Correndo atrás do prejuízo… preciso de uma chance…e quem não precisa, não é?

https://carolinesuiterportfolio.wordpress.com/

Retrospectiva de 2018

giphy
Não sei se vale a pena fazer uma retrospectiva deste ano, foi tão bleh que dá vontade de passar reto.

Mas de qualquer forma até serve pra eu refrescar a minha memória.

Bom, o ano começou com péssimas notícias, virei estatística. Fiquei sem emprego depois de 7 anos e pouco. Foi chocante e triste.
Logo em seguida me inscrevi num curso de espanhol, para não gastar o $$ com bobagens. Organizei  muito bem a minha vida para não gastar de mais, e não fazer nada de útil. Foi um aprendizado.

Me cadastrei em diversos sites de vagas de empregos, mas não tive retorno. Foi bastante frustrante. De junho a setembro fui a uma entrevista real e fiz uma de 10 segundos via skype, mega frustrante.

No final de agosto e começo de setembro fiz uma viagem bastante animadora, já que em 10 anos de namoro, praticamente nunca fizemos uma viagem para mais longe. O roteiro foi meio inusitado: Monte Verde, São Thomé das Letras, Monte Verde e Maresias.

No final de setembro finalmente fui chamada para uma entrevista real. Eu nem tinha enviado meu currículo para a vaga, mas acabaram me chamando, isso foi bem interessante. Fiquei animada e passei na entrevista. Comecei a trabalhar no começo de outubro, foi estressante, pois eu não sabia como lidar com aquele tipo de exigências. Fiquei me sentindo muito mal. Depois de um tempinho, apesar de estar tudo entrando nos eixos, mesmo depois de ter ido trabalhar de sábado e ficado até tarde trabalhando, me dispensaram.

Ou seja, comecei e terminei esse ano desempregada. Péssimo.

Teve várias outras coisas aí no meio. Fiz um curso no Senac e também um de Revisão. Revi pessoas conhecidas e conheci novas pessoas. Além de ter tido Copa do mundo e o Brasil ter sido um fracasso, de novo, ainda teve eleição e muita briga por política.

Teve até rato dentro de casa, na páscoa. Rato da páscoa…kkkk

Meu irmão casou mas a notícia mais diferentona do ano foi, que em breve serei tia avó! É isso mesmo!

Então agora é correr atrás do prejuízo. Estou tentando umas oportunidades como revisora e tradutora freelancer.

Um ótimo 2019 para todos nós!

São Jerônimo

O Padroeiro das Secretárias e Tradutores

são jeronimo

“São Jerônimo” (Hendrick Bloemaert, 1601/1602-1672)

“Dia 30 de setembro

História: São Jerônimo se imortalizou pelos estudos da santa Bíblia; e quem sabe, também, pelo trabalho que deu a tantas secretárias e secretários!

De fato, São Jerônimo é chamado “Doutor máximo das Escrituras”: passou a parte mais rica de sua vida em Belém, junto ao berço de Jesus, aliás, o único que podia domar o seu temperamento quase selvagem.

O que há de mais saboroso nos escritos de São Jerônimo é o seu estilo epistolar. Correspondeu-se com quase todas as pessoas importantes do seu tempo e encaminhou muitas outras a Deus.

A mais célebre de suas traduções é ainda hoje a chamada “Vulgata”: uma tradução da Bíblia, a partir dos originais, para o latim clássico.”

Parabéns a todos os profissionais de secretariado e da tradução!

Referência: http://www.santoprotetor.com/sao-jeronimo/