alien

Um dos textos mais engraçados da net

giphy

Hell or heaven?

Este é um dos textos mais engraçados que já li na internet. É antigo mas pra mim é sempre atual, e engraçado. Achei que esse texto eu já havia postado por aqui, mas não achei. Portanto, leia e divirta-se, pra quem não entende: trata-se de ironia, brincadeira, piada, se não gosta, por favor não leia!

Derrocada do Emo Transviado

Pastor Silas, não nos conhecemos pessoalmente ainda, mas sou um grande admirador do seu trabalho. Meu nome é Rodrigo, morador da cidade de Sorocaba, no interior de São Paulo.

Sorocaba é uma cidade maravilhosa, não tão grande ao ponto de sofrer com a criminalidade, mas nem tão pequena ao ponto de ocorrerem abominações como casamentos entre primos ou sexo com animais, como acontece em Votorantim, cidade anã-vizinha.

Como todo Sorocabano, sou fiel torcedor do São Bento, time que graças a Deus, a poucos anos passou da terceira para segunda divisão, que nos brinda com tantas glorias e orgulho!

Também faço parte, assim como toda minha família, do abençoado rebanho do Pastor Gedeão, voz ativa da Igreja Internacional aqui em Sorocaba.

No ano passado, ocorreu um episodio muito triste em minha vida. O demônio tentou se infiltrar em minha família, através do nosso elo mais fraco…Paulo, meu sobrinho de 15 anos.

Eu sempre fui muito ligado ao meu sobrinho. Alem de ser seu padrinho, ajudei até mesmo na escolha de seu nome, já que é o mesmo nome do meu apostolo favorito, e também do meu integrante favorito dos Beatles (Paulo McCartney). Por isso, este caso me abalou tanto.
Paulo era um garoto bom, educado e gentil. Ajudava velinhas a atravessar a rua e ia freqüentemente a igreja comigo. Mas sem mais nem menos, ele mudou da água para o vinho, mas não da forma milagrosa como nosso senhor Jesus Cristo fez na Galileia…de uma forma profana, do tipo que só o Capeta poderia fazer.

Meu sobrinho começou a vestir roupas negras com estampas coloridas, alisar o cabelo e usar franja, pintar as unhas e vez ou outra, até passar maquilagem no rosto. Voltava para casa tarde da noite, chorava pelos cantos e ouvia musicas que falam sobre sentimentos no ultimo volume dos falantes do Micro Hi-Fi System da marca LG que o dei de presente de 13 anos

Perguntei para minha irmã se ela sabia porque desta mudança, e ela me disse que queria dar espaço para ele, não invadir a privacidade. São atitudes erradas assim que fazem o diabo roubar nossas crianças.

Eu o chamei para uma conversa de homem para homem (se ainda fosse possível chamá-lo assim) e perguntei claramente:

Paulo…você virou *****?
– Nhaum tiuu! Euu xou Emo!!! (desculpem pela escrita, estou tentando transcrever o linguajar que o rapaz utilizava).

– Emo??? Mas isso não é o mesmo que *****???
– Nhaum Nhaum! É diferentão!!!
Fiquei aliviado depois dessa conversa. Ao menos meu sobrinho não tinha se tornado homossexual, mas mal sabia eu que ser Emo era tão ruim quanto, ou pior!
Comecei a pesquisar sobre quem eram esses tais Emos com membros da minha igreja, se eram algo saudável para meu sobrinho fazer parte ou se tinham alguma ligação com o demônio…e nada poderia me preparar para minhas descobertas.
Quando o pastor Gedeão me ouviu perguntar sobre Emos, ele fechou o rosto, e pareceu muito preocupado. Ele fez o sinal da cruz cinco vezes seguidas, beijando a mão entre cada uma delas, quando contei que meu sobrinho havia se tornado um dos membros dessa seita.

– Rodrigo, você tem que tirar seu sobrinho desta vida imediatamente!
– Mas porque, pastor? Ele me jurou que não é o mesmo que viado…
– É muito pior! Os Emos são ainda mais ligados a Satanás do que os homossexuais!
Eu não podia acreditar no que estava ouvindo. Enquanto eu temia pela masculinidade do meu sobrinho, na verdade, a alma dele é que estava em perigo esse tempo todo. O pastor Gedeão passou a me revelar toda verdade por trás dessas crianças endemoniadas.

* Ele me revelou que o nome Emo vem de Demo, que só tiraram o D porque é a letra que começa a palavra Deus.
* Que eles choram tanto porque estão se distancia do Espírito Santo.
* Que usam franjas sobre um dos olhos para que sejam mais facilmente iludidos e cegados pelo Demônio.
* Que usam apenas tênis da marca All-Star por conterem pentagramas desenhados nestes, um símbolo pagão de Lúcifer.
* Tudo neles é ligado ao Coisa Ruim, mesmo o uso exagerado da letra X na escrita e na fala, ocorre em função dessa letra fazer parte do nome de vários diabos da Umbanda, como Exu, Oxalá, Orixá e Xangô!

Fiquei desesperado e fui correndo até a casa da minha irmã para alertá-la. Ela e o marido não estavam, e eu ouvi uma musica muito alta vindo do quarto de Paulo. A musica era horrível, e dizia na letra palavras profanas e demoníacas, com um refrão que dizia “Hell Come To My Life” (para quem não se formou no CCAA como eu, traduzo: “Inferno, Venha Para Minha Vida”).
Prontamente, enfiei o pé na porta do quarto dele, a abrindo violentamente. Paulo se assustou, caindo para trás:

– Tiuuu! Que xuxto!

– Assustado fico eu do meu sobrinho estar ouvindo musicas do diabo!

– Du diabu??? Mas Tiuu, Simple Plan é du beiiim!

– Do bem o ******* pivete! Acha que eu não ouvi essa historia de chamar o inferno para a vida???

– O sinhour tendeu tudu raduuu! É “Welcome To My Life”, não “Hell Come To My Life”!!

– Eu sei o que eu ouvi! Mas vamos tirar isso a limpo…pega o encarte do CD para eu ver a letra.

– Num tenhu encarti! Eu baixxei u MP3!

Aquilo foi a gota d’água. Baixar? Igual no terreiro? Satanista e ainda por cima ligado a Umbanda? Era demais para mim. Mandei o garoto ir para o carro, que eu ia levá-lo para o pastor Gedeão tirar o demônio do corpo dele. Ele falou que não iria, e que eu não podia obrigá-lo.

Eu sei que o uso de força bruta é condenável na maioria dos casos, mas não quando um homem tenta salvar um ente querido da danação eterna no inferno. Golpeei a cabeça de Paulo algumas vezes, que rapidamente começou a chorar. Ele tentou se agarrar a um dos pôsteres de bandas que tinha na parede de seu quarto (Emexizeiro ou algo assim) enquanto eu lhe puxava para o carro, e o fiz com tanta força, que aquela imagem pagã de rasgou em suas mãos.

Eu o joguei no banco de trás do carro logo após o atingir mais algumas vezes no rosto, para perder a consciência. Disparei com minha Fiat Elba 4 portas 1.5 à álcool e rodogás, pedindo perdão à Deus em cada farol vermelho que cruzava, indo direto para a Igreja.

O pastor Gedeão me acalmou, falando que apesar de ter quebrado o nariz do rapaz, provavelmente graças a mim a alma imortal dele estaria salva. Gedeão começou a exorcizar o garoto, algo que levou horas e horas, pois o diabo não queria deixar seu corpo, se agarrando em sua franja, tênis com pentagrama e cinto de rebites.

Mesmo com a dificuldade, Gedeão não desistiu, e finalmente, após uma tarde inteira, Paulo foi curado. Hoje em dia voltou a ser um menino normal, que se veste como homem e se interessa por futebol, Jesus e garotas (mas lógico, só as da congregação e não as promiscuas).

O pastor Gedeão me pediu para escrever esse acontecido e enviar a você pastor Silas, pois ele sabe da sua luta em alertar a sociedades dos subterfúgios do Capeta para dominar e enganar inocentes. Boa sorte em sua luta pastor, e continue salvando nossas crianças!

Fé a todos!

Rodrigo Guilhem

Este texto era do link abaixo, mas o blog não existe mais!
http://igrejainternacional.wordpress.com/2009/06/21/a-derrocada-do-emo-transviado/

O barato sai caro?

Certamente quem inventou esse trocadilho deve ter sentido na pele o real significado do que acontece.

Outro dia eu estava com um problema de vazamento no banheiro. Não era um vazamento, apenas água pingando e isso já estava enchendo o saco. Pedi aos porteiros se podia me indicar algum profissional. Me deram um cartão. Liguei e marquei… fiquei esperando e nada do cara vir no dia marcado. Duas vezes, cansei. Não liguei mais. Mas queria resolver.

Aí perguntei novamente se o porteiro podia me indicar algum outro profissional. Eu já estava ficando apavorada em ter que solicitar serviços. Explico: tenho certa ansiedade só de usar o telefone. Sinceramente não gosto de “convidar” estranhos para a minha casa. Sei que parece doideira, enfim!

Arrumei o telefone de outro profissional e chamei. Ele veio, até porque ele está fazendo serviços aqui no prédio. O que, supostamente, facilita as coisas, e também porque deve ter algum tipo de referência.

Mostrei o problema e já aproveitei para mostrar outro probleminha que me incomoda há bastante tempo. Isso já corrobora o que falei antes, chamar algum estranho pra minha casa.

Como ainda não me “recoloquei” no mercado, fiquei com medinho do cara querer enfiar a faca. Aí falei pra ele que eu tinha que ver com meu marido, e que ia dar uma resposta. Ele me falou o valor, R$ 100, 00, valor bastante acessível. Claro que o material que usaria não estava incluso.

Vai pagar?

No dia marcado então ele veio, foi comprar o que precisava, apresentou as notas e ficou tudo certo. Ao final do serviço parecia tudo ótimo! Só que não 😦

Isso porque ele estava me falando que poderia fazer a troca dos canos daqui, já que estão bastante velhos, e isso realmente uma hora terei de fazer. Ele falou que certamente o preço dele seria o melhor. Comentei: não precisa ser o mais barato, mas precisa funcionar.

Pois é, não funcionou.. Aí pensei, tá tudo é velho aqui, o homem também não deixou secar, de qualquer modo liguei e ele voltou.

Novamente não ficou 100%. Aí liguei de novo e ele até veio. Resolveu o lance do tanque que estava vazando na junta do sifão que ele tinha trocado. Uma dor de cabeça a menos.

Mas no banheiro ainda pinga um pouco de água..tipo muito pouco, pois ele mexeu ontem e me disse que voltaria para olhar hoje novamente. Ok.

Além de ficar desde cedo esperando, tipo 8 da manhã, me senti muito besta. Esse profissional está fazendo uma obra aqui no prédio e pegou o meu serviço como sendo um bico. Tanto que ele sempre queria chegar mais cedo. Eu não me incomodo em acordar cedo, pois eu quero simplesmente que esse assunto seja resolvido.

Como eu não quero me estressar, vou deixar pra lá. Assim que possível eu vou contratar um profissional que não ache que precisa cobrar pouco para ser chamado.

Ah, mas com 100 reais você queria o que? Exatamente.. eu queria que me fosse cobrado o que é justo para resolver o problema.

Nesse caso o barato saiu caro, e nem resolveu meu problema. oremos para que nenhum outro problema apareça!

Mundo Bipolar

A difícil arte de estar nas redes sociais

É minha gente, a cada dia está mais difícil acompanhar os famosinhos das redes sociais, cada um quer aparecer mais que o outro, ser mais bonito e mais perfeito que o outro, mas no fundo, tem horas que dá pena, tanto dos famosinhos quanto de quem segue.

É incrível as pessoas acharem que pessoa X é boa mãe, porque posta foto abraçada com o filho. A outra, toda fitness, que só mostra coisas saudáveis chegando em casa mas vai saber se ela não sofre de bulimia, anorexia e tal.

E tem aqueles que ficam ostentando em hotéis, resorts e muita coisa legal mas no fundo eles ganham essas viagens, para os reles mortais morrerem de trabalhar para ir naqueles lugares de sonho.

É saudável, quando algum insta blogueiro motiva alterações em sua rotina. Isso é o digital influencer, influenciando a ser uma pessoa melhor.

Mas nem sempre é assim. A maioria só quer te vender algo… preste atenção!

Fiquei quase 2 semanas sem ver stories de gente que sigo, e o resultado foi: não consigo mais ouvir a voz de alguns… de verdade, pois soa muito falso, e sim, a maioria só quer vender algo.

Estou prezando mais por saúde mental, pois se você for seguir o que os influenciadores fitness, por exemplo, estão pregando… você fica louco, de verdade. Toda hora é uma coisa que faz mal, ou que faz bem, mas antes fazia mal, agora faz bem..

giphy1

 

É isso.

#confusa #louca #redesocial

Filmes e seriados

Ultimamente, quer dizer, acho que a minha vida todinha eu amei filmes e seriados. Costumo ir ao cinema pelo menos 1x ao mês (um programa caro, diga-se de passagem) e seriado virou moda na Netflix (obrigada por existir).

Tipo assim, eu sempre fui “escrava” da tv aberta, pois nem MTV eu tive na época que era só ajustar o vídeo cassete para sintonizar, aí eu era sempre a que não sabia o que rolava no mundo.. kkkk. Fui ter tv a cabo quando quando todo mundo, provávelmente já tinha outro jeito de ver seriados, pirateados ou não. Um exemplo: na época do Arquivo X eu assistia na TV Record… até que eram bons tempos. Quando o seriado chegou ao fim eu nem me lembro como vi a última temporada, mas o último episódio foi um evento.. antes de passar, eles exibiram um episódio dos Simpsons que aparecia o Mulder e a Scully, foi bem mágico sabe..
Sei que Arquivo X eu fiz a minha coleção de dvds, quando lançou era caríssimo! Os tres ultimos boxes eu comprei numa promoção que vinha até um bonequinho do Alien, se não me engano.. baratíssimo!! Valeu a pena..hoje tem na Netflix, vc assiste o episódio que quiser a hora que quiser.

Outro seriado que acompanhei na tv aberta, se não me engano passava no canal 21, que na época passava até Jornada nas Estrelas, a nova geração, foi Seinfeld.. eu não entendia nada, mas quando foi passando o tempo, eu me apaixonei.. e queria ver tudo.. e dá-le coleção de DVD, adoro! Não sei se já teve mas atualmente não tem na Netflix.

Dia desses eu tava na livraria Cultura e vi um livro q é a minha cara, 1001 seriados para ver antes de morrer.. pensa!

Ainda  to degustando!

Sei lá isso foi só pra dizer que eu amo filmes e seriados.. e são tantos seriados, acho que vou começar a escrever aqui sobre o que gosto e o que não gosto.. só pra dizer que tenho um blog com conteúdo.. eheheheh. Como nem sei se tenho um público leitor aqui, manifestem-se, só pra eu não achar que to falando sozinha.

A fotinha do meu presente de Natal 2017.

1001-e1515520924635.jpg

Coisas que não entendo

Por que as pessoas julgam as outras pelo estado civil… coisa mais chata. Claro, tem muitos outros julgamentos.. mas eu vou falar exclusivamente do estado civil

Uma vez fui num médico, e o tal falou, nossa mas nessa idade ainda é solteira? Cara, na hora eu nem sabia o que responder… tipo, eu tenho que ficar explicando por que eu to solteira até hoje?

São diversos fatores, para começar… mas resumindo é que ainda não deu…

As pessoas te olham como anormal, nossa solteira, sem filhos.. é um alien, só pode!

Vivem me perguntando: vai casar quando?

giphy

Acho que é exatamente essa cara que eu faço… por que tenho que ficar dando explicações. Meus pais nunca me cobraram tal coisa, mas os tios e primos.. esses não perdoam.

Então eu me pergunto, vou casar só por casar? Só pra agradar aos outros? Isso é muito chato…

Tipo, não acho que essa decisão deva partir de apenas um dos envolvidos e sim que seja tomada uma decisão de comum acordo!!

Eu confesso, fico revoltada, e até meio receosa em ir a encontros de família.. pois eu sei que tem essa cobrança sim.

Será que as pessoas acham que eu sou uma coitada, que PRECISA casar?

Que serei mais feliz se casar? Sinceramente eu não sei…

Duvido.

Atualização: (25/4/2017) Entrei no site da LuluzinhaCamp e páh, achei esse artigo interessante: 15-imposicoes-que-caem-sobre-as-mulheres