Isso Nunca Me Aconteceu Antes

mentira, mentira… tá, eu sei que o dia da mentira já passou mas eu só li esse texto hoje…não sei se é bom ou ruim mas eu me identifiquei!

Vou colocar só o começo pra mostrar do que se trata, aliás essas partes do texto são as mais hilárias:

EU JÁ ESTIVE POR LÁ
COMO LIDAR COM QUEM JÁ FICOU COM VOCÊ SEM ROUPA NUMA CAMA?

Por Tati Bernardi

Outro dia fui ao cinema com um grande amigo. Sentamos um ao ladinho do outro, dividimos uma pipoca gigante, confidenciamos comentários
bobos a respeito do filme. Essas coisas que amigos fazem. Tudo corria bem não fosse um incômodo generalizado que eu sentia na alma: “Peraí, mas eu já dormi com esse cara!”. Não adianta, não consigo ser natural. Homens têm razão quando não gostam de ver suas namoradas muito próximas de “amigos” que já experimentaram do doce. Sempre vai rolar uma piadinha do tipo “ah, mas EU sei que você não é realmente loira” ou ainda “pára de ajeitar essa blusa, EU já vi tudo que tem aí embaixo mesmo”. Quem já “esteve por lá” sempre vai se sentir, ainda que inconscientemente, um eterno possuidor de território, mesmo que o outro case ou mude de sexo.

São como vacas ou bois carimbados. E aí o meu amigo pergunta se eu quero ficar com o saco na mão, referindo-se à pipoca, claro. E eu não consigo disfarçar uma risada eminente. Depois ele pergunta se eu quero uma carona pra voltar pra casa ou prefiro “me virar”. E eu quase me vejo explicando pra ele, de novo, que não curto esse papo de me virar. Mas apenas sorrio e fujo dali o mais rápido possível. Uma vez pelada para uma pessoa, parece que você nunca mais se sentirá de roupa na frente dela. Pior é quando seu ex-parceiro sexual começa a namorar uma amiga. E todo mundo dá uma de civilizado e sai junto, afinal, “faz aí uns bons cinco anos que você saiu com o cara e nem rolou nada muito forte entre vocês”.

E você tenta desfocar o máximo que pode das lembranças, mas é só ele abrir a boca com aquela língua presa e a voz na salada, que você lembra que ele parece o Pato Donald tendo prazer. E não consegue disfarçar um pouco de pena que sente da sua amiga. Ela, mais cedo ou mais tarde, vai se encher daqueles gemidos de gás hélio que ele dá.

Leia o artigo completo aqui

Anúncios

6 comments

  1. Hehehe, texto bacana! Se bem que admito que nunca pensei em ver as pessoas dessa forma, depois dessa, vou ter que ficar me lembrando disso? Xii, vou querer esquecer tudo 😛

  2. Posso dizer que mais complicado que uma pessoa que vc já ficou é ex esposa.

    Vc não só viu os “peitinhos” ou deu umazinha, vc sabe MUUUITO da pessoa, já passou daquela faze de fingir performance e jeitinhos.

    Comigo aconteceu no dia que eu e minha ex nos vimos, cada um com seu atual. Nós nos olhamos com um sorrizinho no canto da boca, olhamos os parceiros e sabíamos exatamente o que estava acontecendo na intimidade do outro.

    fascinante!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s