Hannibal Lecter

Moscou, 14 nov (EFE).- O cúmplice de um assassinato decidiu cozinhar o cadáver e servi-lo a seus amigos para ocultar o crime, informou hoje a Promotoria da região siberiana de Tiumen.

“No começo de novembro foram encontrados restos humanos em uma casa de Tiumen” onde ele havia se reunido com vários amigos, informou Timur Lviv, funcionário da Promotoria que investiga o caso, segundo a agência “Interfax”.

Lviv informou que “o dono da casa esquartejou o cadáver, o cozinhou e o ofereceu a seus convidados, que não suspeitaram de nada”.

Desta maneira, o proprietário pretendia ajudar a suposta assassina a apagar os rastros do crime, disse.

“Eles acharam que era perigoso dar o corpo para os cachorros comerem, por isso decidiram queimar os ossos e servir a carne”, indicou.

Alguns dos convidados se surpreenderam com o estranho sabor da carne que, segundo o anfitrião, se devia a temperos diferentes.

O canibalismo não está contemplado no código penal da Rússia, e por isso o proprietário do apartamento deve ser acusado somente de “cumplicidade em assassinato”, indicou Lviv.

O caso de canibalismo mais famoso na história da Rússia é o de Andrei Chikatilo, assassino em série que matou e comeu partes dos corpos de 52 crianças e mulheres.

Chikatilo foi condenado à morte e executado em fevereiro de 1994.

EFE egw mh´

http://br.noticias.yahoo.com/s/14112007/40/politica-homem-cozinha-corpo-serve-amigos-ocultar-assassinato.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s